TEMPOCLIMA CIÊNCIA

Título: Avaliação do Índice de Perigo de Incêndios Florestais Monte Alegre nas Mesorregiões Triângulo e Metropolitana do Estado de Minas Gerais

Autor: ALENCAR, Rômulo C. Carneiro, Thiago Nadú de

Resumo: Os índices de perigo de incêndios florestais foram desenvolvidos com o intuito de apontar as probabilidades de ocorrências futuras ou a facilidade de propagação do fogo em uma determinada localidade. Para detectar esta possibilidade são utilizados agrupamentos históricos de dados diários observacionais das estações de superfície e, assim, das condições atmosféricas de cada área de interesse. O Índice de Monte Alegre (FMA), criado por SOARES (1972) é amplamente utilizado por diversas instituições do Brasil para os cálculos desta natureza. O FMA leva em consideração a umidade relativa diária, o volume acumulado de precipitação em 24 horas e o número de dias sem chuva nas localidades alvo. A avaliação da metodologia do Índice de Monte Alegre para Minas Gerais foi realizada utilizando os dados de focos de calor detectados pelos satélites, disponíveis no web site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), durante o período de maior ocorrência de incêndios no Estado, ou seja, os meses de Maio a Setembro, do ano de 2009. Assim foi elaborado um comparativo com as informações espaciais, interpoladas, geradas a partir do Índice FMA para essas áreas em MG, tendo como base os dados diários observados da rede de estações do Instituto Nacional de Meteorologia ( INMET).

Palavras-chave: Incêndios Florestais; Índice de Perigo; Ocorrência de Incêndios; Focos de Calor..

Artigo completo: